Buscar

O Yoga e a Ansiedade


Nossos alunos, antes de se matricularem nas nossas aulas no studio preenchem um formulário para que a gente saiba como exatamente ajudar cada indivíduo que nos procura. Posso afirmar, pelo menos 95% marca a caixinha de "ANSIEDADE". Sem mencionar os que sofrem com depressão, pânico, estresse. Se você se sente assim, você não está sozinho.


Eu mesma passei por isso, cheguei as vezes a pensar que ia perder o ar. As vezes as minhas crises eram tão intensas que não conseguia nem mesmo me mexer. Sim, tudo que eu sentia por dentro passava para fora. Meus músculos travavam de uma forma que por alguns segundos eu não conseguia fazer um movimento simples, como abrir as mãos.


Estamos todos nesse momento, nos quatro do mundo, passando por um dos momentos mais tensos que nossa geração já presenciou.


A mudança na rotina, falta de convívio social, a sensação de estarmos presos entre quatro paredes, a falta de sol, de respirar ar puro, tudo isso mexe com nosso emocional, gerando ansiedade e estres. À medida que o tempo passa, ao invés de nos acostumarmos, nos sentimos mais ainda mais presos.


A vontade de andar na rua, ir para a academia, abraçar os amigos, tomar uma cervejinha num bar e viajar vão tomando conta. As vezes está tudo bem, as vezes dá uma angústia, uma vontade de chorar.


Tudo isso somado à incerteza da economia, autônomos com medo que seus negócios não sobrevivam, tentando se reinventar à todo custo, já não fosse o número de desempregados antes do COVID, agora outros também temem por seu emprego.


Se eu te deixei ainda mais ansioso, preocupado, já te peço desculpas, não foi minha intenção. É apenas sensação de milhares de pessoas nesse momento.


Mas eu vim aqui falar sobre como a ansiedade acontece no corpo, e como o Yoga pode ajudar.


Explicando a ansiedade cientificamente: quando estamos em situação de estres, ou de medo, o corpo como defesa produz cortisol e adrenalina. Estes hormônios seriam como uma defesa do organismo, nos preparando para uma situação de perigo. Medo é aquela "pitadinha de sal na comida". Um pouquinho nos motiva, nos emociona, nos impulsiona a agir. O problema é quando vem em excesso, aí nos desestabiliza.


Com esses hormônios em excesso no corpo começamos a experimentar arritmia cardíaca, sensação de falta de ar, sudorese, calafrios, perda do apetite, ou em alguns casos, vontade de comer compulsivamente, insônia, irritabilidade. São esses os principais sintomas da ansiedade. A ansiedade na realidade não é o medo em excesso. É a antecipação de uma ameaça futura.


Mas como o Yoga funciona no controle da ansiedade e do estres? Acredite ou não, também é possível explicar cientificamente.



A prática de Yoga consiste, muito resumidamente aqui, em exercícios físicos (que são os movimentos e os asanas), respiração (que são os pranayamas) e meditação (quando adquirimos o controle sobre a mente). Esses três elementos combinados beneficiam nossos sistema endócrino, aumentando os níveis de endorfina, que é um anestésico natural produzido pelo corpo, reduzindo dores físicas e emocionais, e a serotonina, relacionada à sensação de prazer e felicidade. Daí vem a sensação de calma, tranquilidade no rosto dos Yogis depois de uma prática.


Aprofundando um pouquinho no aspecto sutil, mente é controlada pela respiração. O foco nos asanas, nos pranayamas e na meditação são exercícios que exigem presença. Observar, viver e apreciar o tempo presente. Essa consciência nos ajuda a controla nossa expectativa sobre as coisas que não estão sob nosso controle e aceitar a natureza livre de julgamentos. Esse é o caminho para a felicidade.


Autoconhecimento é o caminho para a plenitude. O primeiro passo é reconhecer. Olhar para dentro e perceber que tem algo que precisa ser melhorado, trabalhado. Segundo passo é criar uma rotina de prática diária, dentro do que é possível para você, seja em um studio, seja online. Pode ser uma prática longa, de 1 hora ou uma curtinha de 10 minutos. O terceiro passo é: MEDITE. No inicio, se você nunca meditou, você pode achar difícil, insista. Pegue algumas meditações guiadas até que você acostume e crie o hábito.


Não, Yoga não é um santo remédio milagroso, que de repente você e está curado de todos os males da humanidade. Não existem resultados imediatos. Demanda constância, disciplina, paciência. É trabalho diário de observação, de autoconhecimento. Mas eu te prometo, por experiência própria, ele vai te ajudar, você vai sim se sentir melhor com o tempo, mais equilibrado, mais autoconfiante, mais preenchido por você mesmo.


Espero que aprecie a sua jornada.


Namaste!


Paula Yogini

17 visualizações

TERMOS DE USO E POLÍTICAS

 

IOGUE STUDIO

 

CNPJ: 28571413000145

 

Rua Henrique Badaró Portugal, 287, Sl 07 - Buritis, Belo Horizonte MG - 30575-232

 Contato: +5531993738001 ou contato@iogue.com.br

©2019 by Paula Oliveira. Proudly created with Wix.com